Trabalho & Viagem

    Explorando o mundo além das janelas do escritório

    Nem sempre viajar é sinônimo de folga ou de férias. No caso das viagens de negócios, o glamour costuma ser zero mediante o cansaço e a quantidade de compromissos a serem cumpridos em pouquíssimo tempo. Mas que tal tentar aproveitar e curtir um pouco mais o destino na sua próxima viagem corporativa?

    O nome disso é “bleisure” – e se você não sabe do que se trata, não se preocupe. Já vamos te explicar e mais, dar dicas de como colocar essa palavrinha mágica em prática! Bleisure é a união de uma viagem de negócios com uma viagem a lazer. A expressão tem origem no inglês: business + leisure. E não é nada difícil acrescentá-la no vocabulário, vamos lá?

    Estenda a estadia

    Rua das Pedras

    Sendo possível, aproveite para ficar alguns dias no destino (ou chegar antes) para conhecer o lugar. É uma grande oportunidade para redescobrir cidades que eram conhecidas apenas por seus centros financeiros ou industriais – de olhos nos viajantes de negócios, boa parte delas tem investido em novas atrações.

    Leve alguém

    Restaurante Primitivo – Rua das Pedras

    Parceiro, família, amigo… caso sua agenda seja flexível, a companhia pode estar junto em um passeio no fim do dia, em um jantar… ou ainda, nos dias em que você optou por estender a viagem por conta própria para curtir o destino.

    Adiante as tarefas

    Porto da Barra

    Antes da viagem, procure deixar os trabalhos prontos, como o material a apresentar. Agende as reuniões com antecedência para saber se haverá tempo livre. Assim, fica mais fácil se planejar, pesquisar sobre o destino e conseguir passear um pouco.

    De olho no cenário

    Anexo Bar – Orla Bardot

    Não sendo possível curtir a cidade com calma, aproveite para apreciar os cenários, mesmo nos momentos de trabalho – marque almoços e jantares profissionais em restaurantes onde seja possível apreciar ou sentir o clima da cidade. Procure ir a pé para os compromissos, descobrindo novas paisagens.

    Tendências & Globalização

    Mais do que a junção de duas palavras em inglês, bleisure pode significar também a busca por equilíbrio e prazer entre a vida pessoal e a rotina profissional – nesse caso, na hora de organizar uma viagem que não seja a lazer. E o conceito tem tudo a ver com as novas tendências do mercado de trabalho.

    Por conta do nomadismo digital e dos negócios globais, trabalhar remotamente já é uma realidade para muitos profissionais. A liberdade na hora de fazer o próprio horário e de planejar melhor o tempo (para se ter mais tempo livre, óbvio!) convidam a trocar a ida para o escritório por uma viagem a dois ou com a família. Basta organização e disciplina para deixar por uns dias aquela mesa abarrotada de papeis e trabalhar deitado em uma espreguiçadeira com o computador ao lado.

    Entre um e-mail respondido e um plano de negócios apresentado, a dica é relaxar o corpo e a cabeça no destino escolhido, enquanto o mundo globalizado facilita sua vida profissional. No caso das pessoas que trabalham com criatividade, nada melhor que ócio e novas paisagens para deixar a mente livre e em busca de novas ideias e referências. Cair na estrada é sempre produtivo!

    Em meio aos muitos nichos de mercado atuais, as permutas chegaram para ficar. Elas podem não trazer grandes ganhos financeiros em alguns casos, mas com certeza, para os fãs de viagens, são perfeitas para quem não quer ver o mundo pela janela de um escritório!

    Preparamos para você um guia completo de Búzios com os principais pontos turísticos, dicas, curiosidades e muito mais!

    Deixe um comentário